Lisboa Best Restaurants

Uma das nossas paixões...

Saraiva’s

Saraiva's
6.5Valor Total
Atendimento 5.9
Ambiente 6.8
Relação qualidade preço 6.3
Degustação 6.6
Global6.5

O restaurante Saraiva’s é um clássico, que teve o seu apogeu nos anos 80. Um espaço de negócios, de políticos e até de alguma “conspiração” dada a sua localização…uma perpendicular à Avenida António Augusto de Aguiar, paredes meias com o “El Corte Inglês”.

Abriu recentemente, dentro da gestão do grupo Tágide, e com a cozinha orientada pelo chefe Gonçalo Costa (durante muitos anos o executivo do Eleven), actualmente chefe residente do Tágide.

Totalmente remodelado, ficou com uma decoração acolhedora e confortável. Bastante iluminado (com muita luz natural), pelo menos ao almoço. Marcam o espaço as floreiras com cactos naturais, o contraste das madeiras com os mármores, as cores, os vários recantos e o painel de cerâmica do séc. XIX que pertencia ao anterior restaurante. Balcão simpático com bancos, para tomar um aperitivo, antes da refeição.

Sala semi privada para refeições de pequenos grupos, com muita luz natural, e com uma parede forrada de azulejos contemporâneos a criar um ambiente de jardim.

Serviço a precisar de rotina e formação, mas acabou por funcionar dada a rápida ajuda.
Lamentavelmente, e porque o espaço prima pela originalidade, estava completamente vazio…eramos os únicos clientes.

A carta é reduzida, e as nossas partilhas foram estas…

Couvert, com focaccia de banana, chips de banana e uma pasta de alho francês com manjericão (1,8€).

Ovos rotos (destes o professor também gostava!) (5€).

Tosta de papada fumada artesanal e gratinada (4,5€).

Croquetes de Cozido com Mostarda e Mel(3 unid.),(4,8€).

Focaccia de rosbife com creme de cornichons (5,2€).

Tortilha de cachaço de porco preto com maionese de hoisin (4,9€).

Tataki de atum com rúcula baby e molho teriaki (6,5€).

Taco de tártaro de salmão suas ovas e mão de buda (5,5€).

Camarão salteado com Kale crocante com abacaxi e côco (6,8€).

Para a sobremesa optamos por um Grand Marniér, laranja do Algarve e recriamos o Suzette (6,5€).

Alguns bons apontamentos, mas um chefe consagrado tem a “obrigação” de apresentar mais pratos com o seu cunho. Só o conseguimos encontrar no couvert e na sobremesa.

Carta de vinhos reduzida e mesmo assim com várias faltas. Bebemos a copo, um bom Alvarinho, do Minho, Muros Antigos 2016 (4,5€) e um muito bom Encruzado do Dão, Quinta das Marias 2016 (5,5€).

Encerra ao Domingo.

Saraiva’s um restaurante renovado com uma decoração adaptada à cozinha apresentada e pretendida.

Julho 2018

Saraiva's Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato